quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Toda mulher é meio Leila Diniz

Uma mulher à frente do seu tempo
(...) Morreu precocemente, aos 27 anos, num acidente aéreo, mas continuou viva em geração após geração de meninas que adotaram, mesmo sem saber, as mensagens e os exemplos de Leila Diniz. O fato de hoje a sua rebeldia parecer bem comportada – falar sem pudores sobre sexualidade ou posar grávida de biquíni na praia não escandaliza mais ninguém – é a maior prova de que Leila triunfou.
Até mesmo na deselegância discreta das adolescentes que rimam desafiar convenções com falar palavrões ela continua presente. Ou na moda de escancarar a vida íntima em público. O que era impactante é hoje banal. Em mais de um sentido, a profecia da letra de Rita Lee se concretizou: hoje qualquer mulher é mesmo Leila Diniz.
 
 
  
 
 
 
  

2 comentários:

  1. ela parece muito com a atriz tássia carmago

    ResponderExcluir
  2. Tenho 29 anos, não tive opotunidade de conhecer essa atriz em vida, mas apaixonei por sua história. Pena que morreu cedo demais.

    ResponderExcluir