segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Sobre batons orgânicos e os comuns também!

O Batom é uma grande arma de sedução feminina e, sem dúvida, o item de maquiagem mais democrático que existe. Aplicá-lo não exige muita habilidade. Bastão girar um cilindro e deslizar o bastão colorido sobre os lábios. Mas talvez o que muitas mulheres ainda não saibam (e homens também) é que essa poderosa arma pode virar-se contra nós mesmas.


Uma arma de sedução que pode vira-se contra nós mesmas:

E lá vamos nós bater na mesma tecla que muitos blogs verdes já tocaram, mas a repetição em eco só vem reforçar o coro dos descontentes com a quantidade de venenos que colocam dentro desse produto sedutor ao qual chamamos de batom!
"Você sabia que": quem usa batom, gloss ou protetor labial pode estar ingerindo, aos poucos, além de parabenos, corantes e fragrâncias artificiais, METAIS PESADOS? É muito "hard core" na veia, meninas! 

Pois bem, uma pesquisa feita pela Escola de Saúde Pública de Berkeley, da Universidade da Califórnia, analisou 32 marcas de batons e neles foram identificados a presença de metais pesados na composição desses cosméticos. Os resultados pasmem mostraram altas concentrações de titânio e alumínio, além de outros metais como chumbo, cromo e cádmio.



Estamos"comendo" metais pesados através dos batons que usamos.
Estes resultados são preocupantes porque os metais presentes nos batons acabam sendo ingeridos e não são facilmente eliminados pelo organismo, tendo efeito cumulativo portanto nocivos ao longo prazo. Considerando que o uso do batom é diário e reaplicamos em média 2,35 vezes ao dia, quer dizer que aplicamos cerca de 10 miligramas do produto em cada uma das vezes que usamos. O que sugere a ingestão de 24 mg de batom por dia!!! No entanto, consumidoras inveteradas podem alcançar até 87 mg de ingestão/dia.
Para se ter uma ideia, uma embalagem comum de batom possui aproximadamente 3,5 gramas de produto, e oito gramas de batom corresponde a mais de dois batons inteiros ingeridos por ano. REPETINDO: se consideramos uma aplicação ao longo de 365 dias, estaremos comendo mais de dois batons inteiros no ano!!!


Por isso eu escolho Batons Orgânicos!

Não costumo usar muita maquiagem, faço a linha mais clean, uma pele mais natural e quando invisto numa corzinha na boca, com certeza ela vem de batons orgânicos. 

"Como toda blogueira tem um pouco de narciso, procuro sempre fazer uma autocritica, porque penso que exageros de qualquer natureza não deve ser incentivado, embora ficar bonita também seja importante pra alma!" 

Vou mostrar pra vocês alguns dos batons orgânicos que tenho usado ultimamente, que além de cumprirem muito bem o seu papel ainda tem um excelente custo-benefício. Sim, os preços praticados pelas marcas sugeridas nesse post são mais acessíveis e possibilitam que as pessoas experimentem uma maquiagem livre de venenos. São marcas que além da qualidade do produto em si, estão investindo na sua apresentação, com embalagens bonitas e atrativas. E é claro, suas fórmulas são livres de: metais pesados (tais como chumbo e mercúrio), parabenos, óleo mineral, conservantes, corantes, fragrâncias artificiais e outros tantos venenos presentes em batons comuns.


Batom Orgânico, Vymana

Vamos começar apresentando o batom Terracota da Vymana, marca da Nação Verde, totalmente orgânico com ingredientes bio-ativos que formam um véu protetor nos lábios regulando o nível de hidratação. Em sua composição estão ingredientes como a cera da Carnaúba - responsável pela consistência e brilho, o óleo de coco, tocoferol vegetal (vitamina E) - um dos mais importantes antioxidantes contra danos do envelhecimento precoce.

O Batom Orgânico, Terracota é sequinho, mas não resseca a boca como os batons mate, na verdade ele é um pouquinho cremoso e o restante mate. Quanto a cor, posso até dizer que ele tem um tantinho de metalizado, sendo um vermelho acobreado. A durabilidade é Ok e chega às famosas três horas com facilidade.

ONDE COMPRAR: Site Nação Verde
Preço Sugerido: R$39,60


Batom Orgânico, Arte dos Aromas
Das quatro cores de batons lançadas pela Arte dos Aromas, a cor que mais me agradou foi a Vermelho Terra. Uma cor clássica, sendo um tom de vermelho com um fundo amarronzado. Os batons tem um acabamento semi mate, com uma durabilidade que pode até ultrapassar três horas intacto na boca, isso se você não comer um sandubão, né? Ele é super pigmentado e tem uma cobertura bem forte depois de 2 a 3 camadas de aplicação. Sua embalagem é mais tradicional, faz o tipo classuda e chique! Porque eu também sou dessas, rs.

Coral Nude é uma cor que considero mais difícil, eu realmente ainda estou me acostumando com ela, mas é uma ótima opção para uma make onde se dá mais destaque ao olho. Tipo olho tudo e boca nada, sabe?

Os batons da Arte dos Aromas são 100% naturais, orgânicos, veganos e sem corantes artificiais. São elaborados com óleos vegetais, extratos naturais ricos em antioxidantes e vitamina E, que nutrem, hidratam e protegem os lábios contra os efeitos nocivos do sol, vento e frio. Proporciona hidratação e proteção de duração longa.  
Agora veja quantos ingredientes do bem vem dentro desses tubinhos de batons: 
Extratos de Romã, Damasco e Bambu. Manteiga de Cacau, Karité e Palma. Além de Óleos de Jojoba, Mamona, Oliva e Soja.

ONDE COMPRAR: site >>>> Clica e se joga -  Arte dos Aromas
Preço sugerido: R$ 60,00


Batom Orgânico, Dona Orgânica
Como já mostrei o batom Quartzo Rosa Fumê nesse post AQUI, agora vou me deter apenas na cor Dourado Ouro, da Dona Orgânica. Uma opção ousada para uma make noite. Gostaria muitíssimo de testar outras cores da marca, as mais vibrantes, porque os tons que me enviaram são meio apagadinhos e fica até difícil testar sua cobertura, pigmentação e durabilidade. Eu amo a embalagem de bambu, um charme extra que chama a atenção por anda passa, rs.

É claro que sendo livre de metais pesados, esses batons tem propriedades anticancerígenas, fortalecem o sistema imunológico e combatem o envelhecimento. O óleo de rícino presente na sua composição, nutre e hidratam os lábios e o Crabisol estimula o processo de regeneração da pele, favorecendo a renovação celular. O vegetal tocoferol, que como já disse é a Vitamina E, sendo um dos antioxidantes mais importantes, ele captura os radicais livres e protege a pele humana contra danos e envelhecimento precoce.  

Os batons da Dona Orgânica não são veganos porque possuem cera de abelha, porém eles não são testados em animais.
Na composição dos batons da Dona Orgânica encontramos também: óleo de semente de cambre, óleo de oliva, manteiga orgânica de babaçu, cera de abelha orgânica, cera de carnaúba orgânica, óleo de coco orgânico e outros.

ONDE COMPRAR: loja online  >>>> Clica e se joga - Beleza Orgânica
Preço Sugerido: R$ 52, 90


Batom Orgânico, Organela
Estou apaixonada pela cor 5 (ela não tem nenhum nome específico), da marca Organela. Esse batom é orgânico, 100% natural e vegano, sem corantes artificiais e certificado pela ECOCERT. É elaborado com cera de Candelila e óleo de rícino, que nutrem e hidratam profundamente os lábios, evitando ressecamento. Contém ainda óleo de açaí, girassol e vitamina E, ricos em antioxidantes e propriedades rejuvenescedora. Tem embalagem moderna, e ecológica, feita de papelão resistente.

O Batom Orgânico nº 5 da Organela, é um vermelho puxado para o laranja. Tem ótima cobertura e pigmentação e possui um efeito mais para o mate.

ONDE COMPRAR: site  >>>> Clica e se joga - Organela Maquiagem
Preço Sugerido: R$60,00


Swatches Batons Orgânicos
Para vocês terem uma ideia mais exata de como ficam os tons de batons na pele, fiz um swatches com a indicação do nome da cor e a marca de cada um deles. Pode ter certeza, eles são lindos, tem uma boa performance, não prejudicam seu organismo e te deixam linda! Vale o investimento em você.


Nenhum comentário:

Postar um comentário